sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Marilson vence mais uma

O brasiliense completou a prova mais de 40 segundo na frente do segundo colocado. Desde 2006 nenhum brasileiro vencia a tradicional corrida de São Paulo.



Desde 2006 que um brasileiro não vencia a corrida de São Silvestre e dessa vez foi com sobra. Marilson Santos completou a prova mais de 40 segundos na frente do segundo colocado. Foi a conquista do brasiliense, que já havia vencido em 2003 e 2005.

Marilson que morou e começou no atletismo em Ceilândia é agora o brasileiro recordista de títulos na São Silvestre.

No feminino, Cruz Donata, que mora e treina em Brasília, ficou na quarta posição.



Fonte: Rede Globo

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Notícias dos times da cidade

Ceilândia: O Gato será comandado por Adelson de Almeida. Amistosos estão sendo agendados. Nesta sexta-feira o adversário será o Santa Maria, equipe de juniores. Terça-feira atuará em Aparecida de Goiás, enfrenta o Aparecidense. No final de semana, 8 de janeiro, jogará diante do CRAC, em Catalão.

Ceilandense: O time do técnico Marquinhos Bahia fez um amistoso com o Santa Maria, equipe de juniores, com vitória por 1 a 0, com gol de Chefe. O grupo trabalha desde o início de dezembro. Chegaram os goleiros Helder e Osmair, o zagueiro Thiago Eciene, os meias Alcione e Vinícius, e atacante português João Manoel.


Fonte: Futebol Interior

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Estudantes fazem mais protestos

Um grupo de 100 universitários das redes pública e privada do DF fez, hoje, uma manifestação contra o aumento dos parlamentares aprovado pelo Congresso Nacional no dia 15 de dezembro passado. Os estudantes subiram a rampa do Palácio do Planalto com cartazes e gritos de protesto. Os jovens chegaram de surpresa e driblaram os seguranças, conseguindo subir a rampa. Eles permaneceram sentados no local durante cerca de 20 minutos, depois de terem sido impedidos de chegar ao topo pela segurança presidencial e a Polícia Militar.

A manifestação faz parte de uma mobilização estudantil nacional contra o reajuste de quase 60% aprovado pelos parlamentares que beneficia não só os salários de deputados e senadores, como os de ministros, e do presidente e vice-presidente da República, a partir de 1º de fevereiro. De acordo com o texto, deputados e senadores terão um reajuste de 61,8%, uma vez que recebem atualmente R$ 16,5 mil, além dos benefícios. No caso do presidente da República e do vice, que recebem atualmente R$ 11,4 mil, o reajuste será de 133,9%. O aumento dos ministros será maior ainda, já que eles recebem R$ 10,7 mil. Após o protesto, os estudantes deixaram o local espontaneamente.


Fonte: Jornal Coletivo

Primeiros administradores são definidos

Interlocutores do governador eleito Agnelo Queiroz informaram ao Correio Braziliense o nome de quatro administradores regionais, que vão compor a gestão do petista. Nesta terça-feira (28/12), o novo chefe do executivo local deverá oficializar os nomes.

Quem irá chefiar a administração de Brasília será Messias Sousa, do PCdoB. Ele concorreu a uma vaga de deputado federal nas eleições de 2010 e foi suplente da chapa de Agnelo ao Senado, em 2006. A administração do Recanto das Emas ficará a cargo de Geralda Godinho, indicada pelo PT. Ela é secretária geral do Sindicato dos Comerciários do DF (Sindicom). Godinho atua no sindicato desde a década de 90.

O Pastor Daniel de Castro será o administrador de Taguatinga. Ele trabalhou como coordenador do núcleo evangélico na campanha de Agnelo ao GDF. O pastor também foi sub-chefe do gabinete do deputado distrital Benedito Domingos (PP) e secretário da administração de Águas Lindas, em 2005. O nome para a administração de Ceilândia será Aridelson Sebastião Almeida, secretário-geral da regional do PT.



Fonte: Correio Braziliense e ClicaBrasília

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Lista de Secretários é fechada

O governador eleito Agnelo Queiroz anunciou nesta quinta-feira (23) o nome de mais três secretários. Carlos Higino Ribeiro comandará a Secretaria de Transparência. O chefe de gabinete do novo governador será o ex-delegado da Polícia Civil, Cláudio Monteiro. Já para consultor jurídico, a escolha do petista foi Paulo Guimarães.

Os dois últimos cargos citados também possuem status de secretários. Com os anúncios desta quinta-feira, Agnelo fechou a lista dos integrantes do primeiro escalão do GDF.



Confira os outros secretários anunciados por Agnelo

Secretaria da Criança – Dioclécio Campos Júnior, médico pediatra, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Secretaria da Juventude – Fernando Nascimento Silva Neto, natural de Brasília, formado em Ciência Política e Direito, é membro da Comissão de Assuntos Acadêmicos da seccional do DF da Ordem dos Advogados do Brasil

Secretaria da Mulher – Olgamir Amância Ferreira, professora da Universidade de Brasília, doutora em Educação na área de Políticas Públicas, é a atual secretária de Mulheres do PCdoB.

Secretaria do Trabalho – Glauco Rojas, publicitário, é o atual chefe de gabinete da liderança do PDT na Câmara dos Deputados (deputado Brizola Neto) e integra a Juventude do PDT, trabalhou no Ministério do Trabalho

Secretaria de Micro e Pequena Empresa e Economia Solidária – Dirsomar Ferreira Chaves, natural de Morrinhos (GO), formado em Filosofia, atualmente é coordenador do escritório de representação da Eletronuclear no DF e presidente da Associação Comunitária de Vincente Pires

Secretaria de Desenvolvimento Econômico – José Moacir de Sousa Vieira, empresário de Ceilândia, dono da rede de lojas de material de construção Maranata.

Secretaria de Obras – Luiz Carlos Pitiman (PMDB)

Secretaria de Agricultura – Lúcio Taveira Valadão – Engenheiro agrônomo formado pela Universidade de Brasília, mestre em irrigação e drenagem pela Universidade Estadual Paulista.

Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania – Alírio Neto (PPS)

Secretaria de Ciência e Tecnologia – Gastão Ramos (PSB)

Secretaria de Transportes – José Valter Vasquez foi diretor da Companhia Elétrica de Brasília e é o atual presidente da Companhia Elétrica do Estado do Goiás, foi indicado pelo vice-governador Tadeu Filippelli.

Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação – Geraldo Magela (PT)

Secretaria da Ordem Pública e Social – Agrício da Silva, Tenente-Coronel da Polícia Militar do DF, atual comandante do 21º Batalhão (responsável pelo policiamento de São Sebastião), tem experiência operacional, com formação na área de operações especiais, gerenciamento de crise e negociação de conflitos, inclusive

Secretaria de Administração – Denílson Bento da Costa, formado em História, professor da Secretaria de Educação do DF, secretário-geral da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação).

Secretaria de Cultura – Hamilton Pereira, ex-secretário de Cultura do DF (governo Cristovam Buarque), membro da Diretoria da Fundação Perseu Abramo.

Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos – Nilton Lins, advogado, engenheiro florestal e atual presidente do PSL no Distrito Federal

Secretaria de Orçamento e Planejamento - Edson Ronaldo Nascimento

Secretaria de Esportes - Célio René Trindade Vieira,

Secretaria de Publicidade - Abimael Nunes de Carvalho

Segurança Pública - Daniel Loren de Azevedo

Secretaria de Comunicação - Samantha Sallum

Secretaria de Educação - Regina Vinhaes

Secretaria de Ação Social - Arlete Sampaio

Secretário de Governo - Paulo Tadeu

Secretaria de Meio Ambiente - Eduardo Brandão

Secretaria de Saúde - Rafael Aguiar Barbosa

Secretaria de Fazenda - Valdir Moyses

Procuradoria-geral do DF - Rogério Leite Chaves

Presidência do Banco Regional de Brasília (BRB) - Edimilson Gama


Fonte: ClicaBrasília

Almoço especial

Por conta do Natal, os restaurantes comunitários do Distrito Federal não vão abrir as portas no sábado (25). Contudo, o cardápio da véspera do feriado, nesta sexta-feira (24), será em comemoração à data. Os estabelecimentos terão no cardápio; farofa natalina com passas, banana e abacaxi, frango ao molho de laranja e, de sobremesa, mini panetones.

No Natal, os moradores das regiões atendidas que forem aos restaurantes comunitários poderão levar uma marmita para casa. Os locais servem em média 33 mil refeições diárias. As unidades operam com cerca de 50 funcionários, de segunda a sábado, das 11h às 14h.



Os cardápios especiais

Sexta-feira (24)
Frango ao molho de laranja, farofa natalina com passas, banana e abacaxi e de sobremesa mini panetones

Sexta-feira (31)
Bisteca suína ao molho de abacaxi ou estrogonofe de frango, batata corada e de sobremesa pudim de chocolate.



Restaurante Comunitário de Ceilândia
Localização: CNM 01 – Bloco 01 – Lote 01 – Ceilândia Centro - Antigo Salão de Múltiplas Funções


Fonte: Correio Braziliense

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Empresário da cidade é indicado para Secretaria

O dono da rede de lojas de material de construção Maranata, Moacir de Sousa Vieira, estava sendo indicado pelo Deputado Distrital eleito Chico Vigilante a assumir a administração de Ceilândia. O Lobby foi grande, mas ao invés da administração de Ceilândia ele acabou assumindo uma pasta no 1º escalão do GFD - a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Moacir foi um dos financiadores de campanha de Chico Vigilante e Agnelo, principalmente na cidade.




Luzia de Paula na Câmara Legislativa

Após a ida de Alírio Neto para a Secretaria de Justiça, Luzia de Paula passa a ser a suplente do político na câmara distrital e assume a vaga. Luzia mora em Ceilândia e trabalha com creches.


Fonte: Blog do Douglas Protázio e Tribuna do Brasil

Bandidos podem ter ido para condomínio

Um grupo de criminosos fugido do Complexo de Favelas do Alemão, no Rio de Janeiro, estaria baseado na área do Condomínio Pôr do Sol, em Ceilândia. Agentes da Divisão de Inteligência Policial (Dipo) da Polícia Civil do Distrito Federal investigam a presença dos traficantes desde o dia 29 do mês passado, pouco tempo após as forças de segurança invadirem o complexo de favelas.

A informação levantada pela Dipo dava conta de que uma van lotada de traficantes que dominavam as favelas teria cruzado a fronteira do DF exatamente 24 horas após a invasão, que teve início na manhã do último dia 28. Em razão das suspeitas, teve início um forte monitoramento feito pela inteligência policial do DF. O trabalho de investigação foi alimentado por informantes que moram na região do Pôr do Sol. Outra ferramenta utilizada pelos agentes é o fortalecimento das relações entre a inteligência do DF e da Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro.

De acordo com o chefe da Dipo, delegado Gilberto Maranhão, as suspeitas preocuparam a polícia brasiliense, que investiu pesado na localização dos criminosos cariocas. "Desde que a invasão ocorreu, surgiu a hipótese de alguns traficantes tentarem se refugiar no DF e nas cidades do Entorno. No entanto, ainda estamos trabalhando no monitoramento, mas nenhum criminoso do Rio de Janeiro foi preso até o momento", explicou o delegado.

Após dezenas de traficantes terem conseguido fugir do cerco montado em torno do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro, começaram a surgir várias notícias de suspeitos que chegavam ao DF, segundo Maranhão. "Trabalhamos checando todas as informações, mas esbarramos muita vezes com pistas truncadas, como a de alguma pessoa do Rio de Janeiro que chega a uma comunidade mais carente e logo os moradores mais antigos acabam fazendo a associação com algum criminoso carioca", explicou o chefe da Dipo.



Fonte: ClicaBrasília

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Estudantes fazem protesto contra aumento salarial de políticos



Mais de 100 estudantes da Universidade de Brasília (UnB) se reuniram nesta terça-feira (21/12) em ato contra o aumento de salário dos parlamentares, ministros e presidente para R$ 26,7 mil. A manifestação começou às 10h, na rodoviária do Plano Piloto, onde aconteceu a concentração. Do local, os estudantes seguiram para à pé até a porta do Congresso.

No gramado, os jovens formaram a imagem de um cifrão ($) em protesto ao aumento de salário aprovado na última quarta-feira (15/12). O grupo levou cartazes com críticas ao reajuste, mas foi barrado pelas polícias legislativas ao tentar entrar no prédio pela Chapelaria.

Segundo Rafael Holanda Barroso, coordenador do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UnB, o movimento, que reuniu cerca de 140 manifestantes, foi organizado por meio de redes sociais como Orkut e Twitter, após a aprovação do reajuste na Cãmara e no Senado em tempo recorde. "A população foi surpreendida com a rapidez com que o aumento dos parlamentares foi votado", ressaltou.

O projeto aprovado eleva para R$ 26,7 mil o salário dos deputados, senadores, do presidente da República, do vice-presidente e dos ministros a partir de 1º de fevereiro de 2011.

Imagem: Festa na Expansão acaba na delegacia

Mais de 80 policiais foram chamados para acabar com uma festa regada a álcool, drogas, som alto e dança erótica, isto inclusive com a participação de menores. O evento ocorreu na QNO 18 na Expansão do Setor O no último sábado 18/12/10.







Fonte: Band

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Imagem: Rogério Rosso diz que Brasília abre a Copa 2014

Em entrevista à Rede Record, o governador Rogério Rosso fez um balanço de seu rápido tempo no governo do Distrito Federal e diz que, tecnicamente, Brasília deve abrir a Copa do Mundo de Futebol Fifa 2014.



Fonte: Rede Record e Rede Globo

Ceilândia encara o Caxias-RS pela Copa do Brasil

O Ceilândia, do Distrito Federal, é o primeiro adversário do Caxias na Copa do Brasil 2011. A tabela da competição foi divulgada no final da tarde desta quarta-feira (15/12/10) pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O primeiro jogo será disputado no dia 16 de fevereiro, no Estádio Maria de Lourdes Abadia (Abadião), em Ceilândia, cidade de Brasília. A partida de volta está marcada para uma semana depois, no estádio Centenário no Rio Grande do Sul. Vale lembrar que, nas duas primeiras fases, se o time visitante ganhar a partida de ida por dois ou mais gols de diferença classifica-se automaticamente, sem necessidade da partida de volta. Se passar pelo Caxias, o Ceilândia enfrentará na segunda fase o ganhador de Vitória-BA x Botafogo-PB.


Fonte: Pioneiro

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Iluminação natalina fica aquém do esperado

As cidades do DF também receberam iluminação especial em forma de árvore de natal. A moradora do Núcleo Bandeirante, Rayssa Rodrigues, 20 anos, aprovou a ornamentação. "Já faz uma semana que eu percebi pelo menos duas árvores aqui na cidade. Achei muito bacana, por que faz a gente entrar no clima natalino de verdade. Além disso, a cidade fica muito mais bonita", opina a estudante de administração. De acordo com a CEB, 10 mil lâmpadas foram utilizadas nas 50 árvores espalhadas nas regiões administrativas.


O trecho da reportagem do Correio Braziliense mostrou que o DF está sendo iluminado, mas se compararmos a iluminação de Ceilândia neste ano com a do ano passado poderemos ver que está bem mais fraca.


Fonte: Correio Braziliense

Vila olímpica do Parque da Vaquejada é inaugurada

Foi inaugurada hoje 16/12/10) mais uma unidade da Vila Olímpica de Ceilândia, no Parque da Vaquejada, construída na QNP 21 - P Norte.

A Vila Olímpica de Ceilândia será administrada pela Organização Social Associação de Centro de Treinamento de Educação Física Especial (CETEFE). Já a Vila de São Sebastião terá a gestão da entidade Brasil Eu Acredito. As duas foram selecionadas por meio de edital público.

Cada vila tem meta de oferecer 3.500 vagas gratuitamente para a comunidade em 15 modalidades esportivas. Além de crianças e adolescentes, são oferecidas atividades para a terceira idade. As aulas serão de segunda a sexta-feira. Nos finais de semana, as unidades ficarão abertas para a população local usar como clube social. As escrições estão abertas e é bom se apressar.



Fonte: ClicaBrasília

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Movimento social debate por melhorias

Como o ano está acabando, o governador eleito, Agnelo Queiroz, está finalizando a preparação de sua equipe de governo.

Vários grupos da cidade consideram importante que nós de Ceilândia façamos uma reunião para contribuir nesse debate e para que o povo de Ceilândia seja ouvido neste processo.

Dando continuidade ao diálogo iniciado em 2010 e que culminou com a realização do Encontro da Rede Social de Ceilândia com os candidatos ao governo do DF, convidamos todas as pessoas da Rede Social de Ceilândia, de outros grupos sociais e moradores a participarem desta reunião!


Tema: Expectativas do Movimento Social de Ceilândia com o novo Governador do Distrito Federal
Data: 18/12/2010
Horário: 14 horas
Local: Centro de Ensino Médio 09 de Ceilândia - EQNO-3/5 - Setor O (logo no início do Setor "O". Como estará acontecendo vestibular nas escolas de ensino Médio, esta foi a melhor alternativa disponível).


CONTAMOS COM A PRESENÇA DE MUITAS PESSOAS!



Fonte: Douglas Protázio, por e-mail

Escola deverá ser reconstruída

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) condenou o GDF a reconstruir Centro Educacional nº 7 de Ceilândia (CED 7), construído, em 1974, na QNN 13 de Ceilândia Norte. A decisão afetará a vida escolar de mais de 2 mil estudantes dos ensinos fundamental e médio. Na sentença, o juiz Paulo Cezar Duran alega que as instalações do colégio oferecem risco à saúde e à vida de alunos e professores. De acordo com perícia realizada pelo Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) e vistoria do Corpo de Bombeiros, a estrutura da escola está comprometida, as instalações elétricas são antigas e o risco de incêndio é iminente. Faltam equipamentos para conter o fogo e a instituição funcionava sem alvará.

O GDF recorreu da decisão, com o argumento de que o pedido o MPDFT representava uma intromissão do Judiciário nos poderes Legislativo e Executivo locais. Mas as alegações do governo não foram acolhidas pelo juiz Paulo Cezar Duran. Para o magistrado, houve omissão administrativa do governo.

O Executivo tentou impedir a intervenção por meio de uma série de reformas, que consumiram R$ 230 mil. Porém, as obras não atenderam às exigências de segurança e de bem-estar dos alunos. A promotora Ana Carolina Marquez, da 1ª Promotoria de Defesa da Educação (Proeduc), lembrou que foram esgotadas todas as alternativas de solução do problema para evitar o recurso à Justiça.

Para a escola reabrir as portas, será necessário rever toda a instalação elétrica — substituição da fiação, quadros, disjuntores e aterramento. Na parte hidráulica, as instalações de esgoto e de água terão que ser refeitas. As reformas no CED 7 terão que garantir acessibilidade aos portadores de necessidades especiais, restaurar os pisos e a cobertura, com a substituição das telhas. Nas salas de aula, há necessidade de recuperar os quadros-negros e trocar os vidros. A Justiça recomendou até mesmo a poda de árvores. Enquanto durarem as obras, os alunos serão transferidos para outras unidades da rede pública (veja quadro).

A Secretaria de Educação e a direção da escola são contrários à decisão. A secretária adjunta de Educação, Maria Nazaré de Oliveira Mello, garantiu ao Correio que as últimas reformas permitiriam que a escola funcionasse em 2011. Já Firmino Neto, diretor do CED 07, admite que a instituição é antiga e necessita de “reformas profundas”, mas também acredita que a interdição é radical.


Para onde vão os estudantes

* 3º ano do Ensino Médio muda para Centro de Ensino Médio 02 (Ceilândia Norte).

* 2º ano do Ensino Médio vai para o Centro de Ensino Médio 09 (Setor O).

* Os alunos do 1º ano e os do período noturno estudarão no Centro de Ensino Fundamental 12 (Setor O).

* Ensino fundamental muda para a Escola Classe 67 (Setor O).

* As quatro turmas de ensino especial funcionarão no Centro de Ensino Médio 03 (Ceilândia Sul).



Fonte: Correio Braziliense

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Embaixada do Japão e empresas ajudam instituto

O convênio foi firmado com a embaixada do Japão e mais duas empresas para ajudar o Instituto Cavalo Solidário. A entidade que atende crianças especiais havia perdido o patrocínio e corria risco de suspender ou reduzir o atendimento.

Foi graças a uma reportagem que o Bom Dia DF divulgou no dia 29 de outubro que os novos patrocínios chegaram à instituição Cavalo Solidário que trabalha com equoterapia e atende crianças de escolas públicas de Brazlândia, Ceilândia e Taguatinga.

A instituição tinha um patrocínio de R$ 12 mil que acabou há seis meses e passava por dificuldades para manter o atendimento. Depois que o Bom Dia DF divulgou o trabalho do instituto no quadro Posso Ajudar, novos patrocínios foram assinados e agora a instituição pode dobrar o número de atendimentos. Atualmente são 84 crianças e pode chegar a 150.

Quem quiser apadrinhar uma criança também pode ajudar com R$ 240 por mês. Para mais informações basta ligar para: 3501-0316.



Fonte: Rede Globo

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Novo campus à base de geradores

O prédio de laboratórios do campus de Ceilândia da Universidade de Brasília, prometido para ser entregue pronto para o uso da comunidade em março, vai funcionar à base de geradores por dois meses. A solução para não atrasar ainda mais a entrega da obra – que deveria ter sido concluída há dois anos e meio – foi apresentada em audiência pública na Câmara Legislativa do Distrito Federal, na manhã desta segunda-feira, 13 de dezembro.

A notícia de que as três subestações que garantirão a energia necessária para o funcionamento do campus só ficarão prontas em maio pegou de surpresa a comunidade da UnB presente na audiência. “Estou perplexa e muito preocupada”, declarou a diretora da unidade, Diana Pinho. Segundo a professora, caso os laboratórios não estejam prontos para o início do próximo semestre letivo, em 21 de março, o ingresso dos 240 calouros e a oferta de disciplinas ficam comprometidos.

O diretor do Centro de Planejamento Oscar Niemeyer (Ceplan) da UnB, Alberto de Faria, explica que, sem as subestações, os oito laboratórios do prédio da Unidade de Ensino e Docência (UED), prometido para março, não funcionam. “Não há energia suficiente para abastecer a edificação e os equipamentos. Também não há tempo hábil para montar e testar essas subestações antes de maio”, avaliou o arquiteto.

Diante dos questionamentos da comunidade e da deputada distrital Érika Kokay (PT), única parlamentar presente na audiência, o secretários de obras do GDF, João Batista Padilha, e o presidente da Novacap, Celso Roberto Machado, garantiram que o primeiro prédio da UnB Ceilândia será entregue em março com energia elétrica. “Vamos nos reunir com a UnB e a CEB para ver o que é preciso para complementar a energia já usada na obra com geradores”, garantiu Batista, que justificou o probelma com as mudanças feitas no projeto original.




A saga da comunidade de Ceilândia pela entrega do campus da UnB começou ainda em 2006, com o lançamento da pedra fundamental. Inaugurado em 2008, os cinco cursos da área de Saúde, hoje abrigados de forma provisória no Centro de Ensino Médio 04, já funcionaram em dois locais improvisados e sem a estrutura adequada para o aprendizado dos 1,2 mil estudantes e as pesquisas dos 66 professores da unidade.

O aluno de Saúde Coletiva e membro do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Florentino Padilha, classificou a atitude das autoridades diante do marasmo na conclusão da obra gerenciada pelo GDF como “irresponsável”. “Temos alunos do quinto semestre com estrutura do segundo semestre. A formação dos profissionais está comprometida pela falta de espaço”, observou. “Estão lidando com sonhos não só de estudantes e professores, mas da maior cidade do Distrito Federal”, completou o jovem.


Fonte: ClicaBrasília

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Mulher é sequestrada e espancada

A vítima estava parada no trânsito perto do Sesi, em Ceilândia, quando uma moça fez sinal, pedindo informação. Quando ela deu atenção, foi rendida por dois homens armados. Eles entraram no carro e a vítima foi para o banco traseiro.

Como ela não tinha dinheiro, os bandidos começaram a bater nela, que desmaiou. A vítima foi levada para um matagal às margens da BR-070, perto do Setor O. Ela teve as mãos amarradas com um cadarço e os olhos vendados com uma sacola plástica.

Antes de fugir, os bandidos incendiaram o carro. Quando os bombeiros apareceram pra combater o fogo, ouviram os gritos da vítima, que tinha sido largada a 200 metros do veículo. “Ainda não temos pista, isso depende muito das provas colhidas. A perícia vai nos ajudar muito se conseguir algum material por quem ocupou aquela superfície”, afirmou o delegado Vivaldo Neres.



Fonte: Rede Globo

Ações pela cidade

A operação da Secretaria da Ordem Pública e Social (SEOPS) de combate à pirataria, dessa vez, teve como foco o centro de Ceilândia, onde há grande existência de ambulantes comercializando CDs e DVDs não originais em vias públicas. Após a operação, agentes da SEOPS contabilizaram 3.453 CDs e DVDs piratas apreendidos durante a ação.

Todos foram levados para a 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro), juntamente com quatro pessoas, uma mulher e três homens, que vendiam o produto ilegal. Segundo o Coordenador de área da SEOPS que comandou a ação, Renato Braga, dois carros foram revistados por conterem grande parte dos CDs e DVDs. “Os carros já estavam sendo vigiados dias antes da operação”, conta Renato.

O objetivo desta ação é combater a pirataria, desocupar calçadas e passeios públicos tomados por ambulantes, tornar acessível e mais seguro o trânsito de pedestres evitando, assim, a ocorrência de pequenos delitos ocasionados pelo tumulto causado pela falta de espaço.




Montadora é desbaratada

Cinco máquinas de caça-níqueis e um caminhão cheio de material eletrônico utilizado para fabricação dos equipamentos foram apreendidos quando a polícia estourou uma fábrica clandestina no Setor O, em Ceilândia, nesta quinta-feira (9).

Após as apreensões do material da organização criminosa, a polícia investiga 58 locais de distribuição de caça-níqueis. O negócio movimentava uma média superior a R$ 1 milhão por ano. Três pessoas foram detidas e liberadas. Elas vão responder pelo crime de contravenção de jogo de azar e assinaram um termo em que se comprometem a se apresentar à Justiça.

A montadora funcionava em uma casa no Conjunto H, na QNO. Um muro alto impedia a visibilidade para quem passava na frente do local. A operação ocorreu na noite da última quarta-feira, contou com apoio da Divisão de Operações Especiais (DOE) e foi coordenada pela 24ª DP (Setor O).

À frente desta delegacia, Fernando Fernandes diz que há três meses recebeu denúncia anônima com a informação de que havia uma oficina que montava máquinas caça-níqueis. No dia da operação, outra denúncia informou o endereço do local, que ficava próximo a delegacia.



Fonte: ClicaBrasília aqui e aqui

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Ano da dengue

Febre alta, dores fortes no corpo, fraqueza e manchas vermelhas na pele. Desde o início de janeiro, 12.363 brasilienses tiveram que encarar todos esses sintomas durante pelo menos uma semana. Deixaram de lado o trabalho e as atividades cotidianas para vencer o vírus da dengue. Entre eles, sete pessoas não resistiram à infecção e morreram. Mesmo com ações de prevenção e com a mobilização da sociedade, a doença aparece principalmente nos períodos de chuva. Mas, em 2010, as estatísticas surpreenderam até mesmo autoridades e especialistas em saúde. A quantidade de pessoas infectadas pela dengue cresceu impressionantes 2.886% em comparação com o ano passado. Em 2009, haviam sido registrados apenas 414 casos.

O início de uma nova temporada chuvosa traz novamente a preocupação com a dengue. Principalmente porque todos os fatores que levaram à epidemia registrada este ano permanecem sem solução. Seriam necessários pelo menos 1,2 mil agentes de Vigilância Ambiental para percorrer as casas e orientar a população sobre as formas de prevenção contra a doença. Mas o Distrito Federal conta apenas com 500 fiscais, menos da metade do contingente recomendado pelo Ministério da Saúde para uma região com mais de 2,4 milhões de moradores. E não há previsão para ampliar esse quadro de pessoal.

Além disso, os cuidados da população para prevenir novos casos estão longe do ideal. Basta circular rapidamente por qualquer região do Distrito Federal para encontrar exemplos de irresponsabilidade. Lixo acumulado, entulhos, garrafas e recipientes abandonados, além de caixas d’água destampadas podem ser vistos tanto em regiões de baixa renda como em áreas de classe alta, como o Lago Sul.

A cidade mais atingida pela dengue em 2010 foi Planaltina, onde 4.835 pessoas contraíram a doença de janeiro até agora. Esse número corresponde a quase 40% de todos os casos do DF. Setores mais carentes, como Mestre d’Armas, Arapoanga, Estâncias e Vale do Amanhecer concentram a maior parte dos registros.

A balconista Antônia Maria de Carvalho, 28 anos, faz parte dessa estatística. Moradora do Estâncias, em Planaltina, ela foi infectada pelo vírus da dengue em setembro. “Achei que fosse morrer na cama da minha casa”, revela. Na casa de Antônia, mais duas pessoas contraíram a doença, entre elas o filho de apenas oito anos. “Tive febre, dor e fiquei com uns pontinhos vermelhos no corpo. Passei muito, mas muito mal”, relembra a balconista.

Ela acredita ter sido picada pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, enquanto caminhava por uma rua cheia de terrenos baldios. “Era uma parte da cidade cheia de lama e de entulhos. Na hora, ainda senti a picada, mas não poderia imaginar que ficaria tão doente”, comenta Antônia Maria. Ela garante que agora está mais cuidadosa com a prevenção. “Mas minha preocupação não diminui porque sei que a maioria dos vizinhos não toma cuidados. Me canso de ver vasos de planta cheios de água e garrafas abandonadas”, finaliza a balconista, moradora de Planaltina.

O Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti, realizado pelo Ministério da Saúde e divulgado no último dia 11, mostrou que a situação em Brasília é, hoje, satisfatória. A pesquisa identifica onde estão concentrados os focos do mosquito nos 425 municípios analisados pelos técnicos. Mas, para o coordenador do Programa de Combate à Dengue da Secretaria de Saúde do DF, Aílton Domício, o quadro segue preocupante. Ele garante que os técnicos e os agentes estão todos na rua para evitar a repetição da epidemia no verão de 2011. “Sempre tivemos, no máximo, cerca de mil casos por ano. Em 2010, foram mais de 12 mil registros. As estatísticas extrapolaram muito além do normal”, explica.



Fonte: Correio Braziliense

Agora é a parte metálica

As obras da Torre de TV Digital seguem em pleno vapor. A previsão do GDF é de que a parte de concreto – que inclui um mirante e as duas pétalas onde funcionarão um espaço para exposições e um café – seja finalizada no início do ano que vem. Já a parte metálica, onde serão instaladas as antenas para transmissão digital, será licitada no próximo dia 13. O governo espera que até julho o monumento batizado como “Flor do Cerrado” pelo arquiteto Oscar Niemeyer, autor do projeto, esteja totalmente concluído.

Cerca de 80% da obra estão prontos, que agora encontra-se na fase de implantação dos vidros da primeira cúpula. A vice-governadora e coordenadora do Comitê de Acompanhamento, Controle e Monitoramento de Obras Públicas do DF, Ivelise Longhi, visitou a Torre nessa semana e explica que a parte metálica não havia sido incluída na licitação da Torre, realizada ainda no ano passado. Ao constatar a situação, o Comitê avaliou quais medidas tomar e, com recomendação da Procuradoria do GDF, foi elaborada uma nova concorrência pública. A Torre de TV Digital está orçada em R$ 78 milhões – sendo R$ 75 milhões a parte de concreto e R$ 3 milhões a construção metálica.

De acordo com os engenheiros, a complexidade do projeto desenhado por Niemeyer também acabou adiando em algumas semanas a conclusão da torre de concreto. Isso porque, segundo técnicos, foram necessárias algumas consultas ao escritório do arquiteto, no Rio de Janeiro, para que pudessem realizar pequenas adequações ao projeto.

Ao todo, a torre terá 180 metros de altura, sendo 120 metros de concreto e 60 metros de antena. O mirante, com uma linda vista de Brasília, ficará a 110 metros de altura. Além do café e da sala de exposições instaladas nas pétalas, no térreo funcionarão espaços para atividades comerciais e culturais. O prédio contará com três elevadores, com capacidade para 12 pessoas cada um. O estacionamento comportará 984 veículos, sendo 24 vagas reservadas para portadores de deficiência.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Muitas incertezas na Ceilandense

A Ceilandense, que é a adversária de estréia do Gama no candangão, ainda não se reapresentou, mas a diretoria continua trabalhando nos bastidores. Foram anunciados os primeiros reforços do clube rubro-negro. E são dois atletas que defenderam o Gama no ano passado

São eles os volantes Betson e o meia atacante Vinícius. Ambos jogaram o candangão deste ano defendendo ao alviverde sob o comando do técnico Gérson. O elenco do time que eliminou o Gama neste ano deve ser bem diferente na próxima temporada. Isto porque jogadores fundamentais daquela equipe voltaram a defender seus clubes do Acre. Alguns destaques do clube ainda não tiveram seus contratos renovados e dependem de negociação para seguirem no clube.

Abaixo a relação de jogadores. Os marcados com asterisco ainda não tiveram sua situação regularizada:


Goleiros: Welder
Zagueiros: Everson, Neuran, Evandro Pará* e Rizo*
Laterais: Oberdan, Amaral*, Bobby*, Glauber*
Volantes: Alcione, Betson, Zé Ricarte*
Meias: Luiz Fernando, Tiago Ferreira
Atacantes: Chefe, Vinícius e Douglas*


Fonte: BloGama

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Ministro muda de opinião a respeito de Brasília

O Governador eleito Agnelo Queiroz mudou o posicionamento do Ministro do Esporte, Orlando Silva, a respeito da possibilidade de fazer em Brasília a abertura da Copa de 2014. O ministro, que há duas semanas havia qualificado como "elefante branco" a ideia de erguer um estádio de 70 mil lugares na capital, adotou outro discurso desde o mais recente encontro com Agnelo, na quarta-feira, quando o próximo ocupante do Buriti voltou a defender a candidatura da cidade para o jogo inaugural.

"Em todas as copas, desde 1930 até hoje, a capital do país que recebeu o evento desempenhou um papel chave, e Brasília não pode ficar atrás disso", comentou Orlando Silva. "A cidade tem a sede do corpo diplomático de vários países, um estádio praticamente dentro da zona hoteleira, um belo Centro de Convenções, uma operação de segurança facilitada, pelas vias de acesso ao estádio e à zona hoteleira. Todos esses são pontos favoráveis para que Brasília receba a abertura", emendou o ministro.

Duas semanas atrás, em entrevista à Folha de S. Paulo, Orlando Silva expressou outra opinião: "(A cidade) não tem ainda hoje tradição no futebol para produzir essa demanda. A chance de ser um grande elefante branco de 70 mil lugares era enorme".

Agnelo apresentou ao ministro garantias de que Brasília pode promover o evento e tem alternativas para garantir a reforma do Estádio Nacional de Brasília (o atual Mané Garrincha). O governador eleito argumentou que recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) podem financiar as obras necessárias ao Mundial e afirmou haver projetos e previsões de investimentos diversos, incluindo um eventual aeroporto para cargas - o que, para o ministro, é um ponto favorável.

"Brasília reacendeu a chama pela abertura da Copa do Mundo a partir dessa conversa. Vou transmitir a posição do governador eleito à Fifa e vou tentar organizar um encontro dele com o Comitê Local ainda este ano", concluiu Orlando Silva, que é filiado ao PCdoB, partido no qual Agnelo militou antes de aderir ao PT para se viabilizar como candidato a governador.





Visita ao Morumbi

Interessado na abertura do Mundial de 2014 em Brasília, o governador do Distrito Federal, Rogério Rosso, visitou ontem o Estádio do Morumbi, em São Paulo, onde foi recebido pelo presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, o vice-presidente de Marketing, Júlio Casares, e o diretor de Marketing, Adalberto Baptista. Rosso conheceu as instalações do estádio, ouviu explicações sobre o modelo de gestão do clube e conversou sobre a Copa. "Além de o Morumbi ser um dos estádio mais modernos do Brasil, o São Paulo tem uma gestão exemplar", observou Rosso. "Contudo, vamos continuar batalhando para sediar a abertura da Copa. Porém, o que vai prevalecer na hora da decisão são os critérios técnicos, exigidos pela Federação Internacional de Futebol (Fifa)", emendou.



Fonte: Correio Braziliense

Gato segue planejamente para o Candangão 2011

O Ceilândia foi o primeiro clube a se reapresentar para a disputa do Campeonato Brasiliense de 2011. De olho no bicampeoneto local, o time manteve a base da equipe campeã em 2010, além de trazer 12 novas caras para o time. "São jogadores que conhecem a competição, esse foi um dos fatores principais para que continuassemos com eles, por conhecerem o futebol de Brasília", explica o treinador Adelson de Almeida, campeão pelo Gato este ano.

Engana-se quem pensa que o Ceilândia não se reforçou para o Candangão 2011. Ao todo, são 12 novos nomes que pintam na cidade para a disputa do torneio. Os destaques são o volante Fredson (ex-São Paulo) e o atacante argentino Marcos Aguirre (Santa Teresita-ARG).



Fonte: Jornal de Brasília

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Japão ajuda centro social

O Centro Assistencial Maria Carmem Cólera (CAC), em Ceilândia, está sem telhado na quadra de esportes. No local, crianças e adolescentes participam de atividades extracurriculares. Em tempos de chuva e sol intenso, as crianças não podem sair das salas. Para mudar a situação, as freiras da entidade buscaram apoio de órgãos que pudessem doar recursos para a construção da cobertura na quadra. Depois de anos de espera, a ajuda chegou como presente de Natal, e o Papai Noel é a Embaixada do Japão no Brasil.

A diretora do CAC, irmã Renata Rodrigues Lucas, se diz realizada com a doação. “As salinhas são pequenas. Quando chove ou faz muito sol, as crianças ficam confinadas. Essa é a realização de um sonho, não estou nem dormindo de tão feliz. Estou muito grata à embaixada”, comemora.

A nova instalação deve ser construída ainda este ano e vai favorecer também a comunidade por meio da Ação Solidária. No projeto são prestados diversos serviços gratuitos. A irmã Renata acredita que, depois da doação, as condições de atendimento vão melhorar. “Com a cobertura da quadra vamos atender um número maior de pessoas”, prevê. A assinatura da doação vai acontecer amanhã, às 10h. Na ocasião, a entidade vai prestar homenagem a Embaixada do Japão.

O Centro existe desde 1997. Atualmente, 150 crianças de de seis a 14 anos participam do Projeto Crescer, com atividades como acompanhamento escolar, dança, teatro, coral, artesanato, esportes, informática, além da alimentação diária e acompanhamento psicopedagógico e social.

Quem quiser saber mais sobre o CAC ou realizar doações, o número é 3471 3333.



Fonte: Tribuna do Brasil

Centro cirúrgico fechará para reforma

O centro cirúrgico do Hospital da Ceilândia vai ficar fechado para reforma por, pelo menos, um mês. Nesse período, as cirurgias vão ser feitas no centro obstétrico e apenas as de emergência. Com isso, o hospital vai diminuir a internação de grávidas.

“Aquelas que chegarem em nosso hospital em trabalho de parto adiantado serão recebidas. Mas aquelas que puderem procurar outro hospital, seria melhor”, indica o diretor do HRC, Valdir Nunes.

Até segunda-feira (6), só serão realizadas no centro cirúrgico os procedimentos urgentes. Será feito um mutirão para operar todos os pacientes da ortopedia que já estão internados. De acordo com a direção, não há risco de infecção por causa dos piolhos de pombos.

“Ele não está em todo centro cirúrgico, está mais em algumas salas”, garante Valdir Nunes.

Na manhã desta quinta-feira (2), a equipe de reportagem da TV Globo entrou no centro cirúrgico. Um funcionário confirmou que o local está infestado de piolhos de pombo. “Vai fechar por causa dos pombos. Enquanto não resolver esse negócio, ficará cheio de piolhos de pombo. A Zoonozes não resolve”, diz o funcionário.

Os pombos estão por toda parte no lado de fora do hospital, próximos dos pacientes que esperam atendimento. “O hospital é um lugar para ser limpo. Muitas pessoas podem pegar bactérias”, opina a paciente Nayana Carvalho.

Alguns pacientes mandaram imagens dos corredores lotados no HRC e pacientes sendo atendidos ali mesmo.

O governador eleito, Agnelo Queiroz, pediu hoje a ajuda do ministro da Saúde para tentar resolver a crise nos hospital do DF. “Isso implica em aumento de recurso. Há a possibilidade de abrir prazos para ampliar aqui iniciativas como Saúde da Família, das UPAs, e Unidades Básicas de Saúde”, afirma o governador eleito.



Fonte: Rede Globo, SBT Brasília e Band

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Imagem: Moradores tem que tapar buracos com o próprio cimento

É uma cena que está se tornando cada vez mais corriqueira em Ceilândia:
















Fonte: Judson, por e-mail.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Ex-Universo é campeão sulamericano

O reencontro foi como o esperado e marcado pelo equilíbrio que tanto caracteriza a maior rivalidade do basquete nacional na atualidade. O Flamengo sonhava com o bicampeonato da Liga Sul-Americana e com a oportunidade de devolver ao Brasília a derrota que ficou atravessada na garganta na final do NBB. O atual campeão brasileiro queria se impor e provar novamente o gostinho de um título, agora internacional. E conseguiu de novo. Não se importou se estava na casa do adversário ou diante de um time que sempre lhe deu muito trabalho. Teve nervos, paciência e fôlego para vencer e calar a torcida rubro-negra: 96 a 86 (53 a 44). Com o resultado, a equipe brasiliense comemora um ano perfeito, com as duas taças em sua galeria.

A próxima edição será disputada a partir de outubro de 2011 com três sedes na primeira fase: Quito (EQU), Montevidéu (URU) e Santiago (CHI). O Brasil terá três equipes. Argentina e Uruguai terão dois, respectivamente; enquanto Chile, Equador, Colômbia, Venezuela e Paraguai, um. O hexagonal final será no período de 22 a 26 de novembro em local a ser definido. A novidade é que os times poderão ter até três estrangeiros inscritos. Antes, apenas dois eram permitidos.



Fonte: Globo.com

Feira Legal


A 24ª Delegacia de Polícia da Ceilândia realizou a operação Feira Legal, na Feira Permanente do Setor O. O local é popularmente conhecido por abrigar a Feira do Rolo, onde são vendidos produtos roubados e armas.

O coordenador da operação, delegado Fernando Batista Fernandes, afirmou que 19 pessoas foram presas, entre elas um menor de idade. “Aprendemos sete celulares, relógios, carteira, óculos, R$1,9 mil e notas, além de munições e uma pistola calibre .380, encontrada com o menor”, afirmou o delegado.

A operação começou na última quarta-feira e teve o apoio de, aproximadamente, 400 agentes. Membros do Detran, da Agência de Fiscalização (Agefis) e da Polícia Militar também participaram da ação, que foi realizada nas áreas do Setor O, da Expansão do Setor O, do Condomínio Privê e do Setor de Indústria da Ceilândia. Os agentes da Agefis apreenderam móveis, eletrodomésticos, roupas e outras mercadorias que estavam sendo vendidas na área externa da feira, de maneira irregular.

“Nosso objetivo é reprimir o tráfico de entorpecentes e a venda de produtos roubados. Também aproveitamos a operação para apreender drogas e armas de fogo e procurar por pessoas foragidas da polícia”, afirmou Fernandes.

Dos 19 presos, todos com passagem pela polícia, oito ficaram detidos porque cometeram crimes inafiançáveis. Desses, três foram presos por corrupção de menores, porte de arma e roubo. Outros quatro foram presos por assalto a mão armada. Eles haviam abordado um carro na ultima madrugada, na Rua 10 de Vicente Pires e levaram R$ 1,2 mil em dinheiro. “As vítimas pararam para trocar o pneu, que havia estourado por causa dos buracos na pista, e acabaram sendo assaltadas”, relatou o delegado. O último preso ficou detido por tráfico de entorpecentes e pode pegar de 5 a 15 anos de prisão.

Os presos serão encaminhados para a carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE) e amanhã serão encaminhados para a Papuda. O restante, que cometeu crimes de menor potencial ofensivo, foi liberado com o compromisso de se apresentar em juízo.

Valdo Janio Pereira, vigia de carro, de 48 anos, discutia com um colega quando foi abordado por um dos policiais da operação. Ele já tem várias passagens pela polícia e é especialista em furto de veículos. Ao revistar Pereira, os agentes encontraram uma “chave mixa”, material confeccionado manualmente com partes de uma tesoura. “O instrumento é utilizado como chave falsa para abrir carros. Em veículos antigos é possível ligar a ignição. Os modelos mais novos possuem chave codificada, que impedem que o carro seja ligado e levado do local. Nesse caso, ele abre o veículo e subtrai os objetos do interior”, afirma o delegado.

Um dos presos é menor de idade, tem apenas 17 anos. A mãe foi chamada à delegacia e acompanhou a prisão. “Sei que meu filho está envolvido, mas não posso entregá-lo para a polícia. Tenho vontade de tirá-lo daqui. A gente sofre muito com isso, tenho medo de que ele apanhe”, afirmou a mãe, que preferiu não se identificar.

Segundo o delegado, o infrator é reincidente, já teve 12 passagens pela polícia. Ele, em conjunto com mais dois adultos, roubou um carro por volta das 13h, na QNN 39 do Setor O. O menor foi preso em flagrante e enquadrado por roubo e porte ilegal de arma. Os outros dois comparsas foram detidos por roubo e corrupção de menores. Podem receber pena de sete a 12 anos de reclusão.



Fonte: Tribuna do Brasil e Rede Globo

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Protesto contra demolição de escola

A decisão judicial que prevê a derrubada do Centro de Ensino Médio 07 (CEM 07) de Ceilândia para a construção de um novo prédio é motivo de um protesto que reúne, segundo a direção da escola, cerca de 300 pessoas em Ceilândia esta manhã. Desde as 9h desta sexta-feira (26/11), professores, pais, alunos e a comunidade local fazem uma manifestação em frente à instituição para chamar a atenção da sociedade sobre a importância de se evitar a demolição.

Em 2005, a comunidade pediu à Secretaria de Educação (SEDF) que uma escola nova fosse construída no lugar da atual. Com isso, uma autorização foi solicitada à 3° Vara de Fazenda Pública, que decidiu, em 2009, acatar o pedido. No entanto, segundo informa a assessoria de imprensa da SEDF, agora a própria comunidade resolveu pedir apenas uma reforma, e não a total reconstrução do CEM 07.

Segundo o diretor da escola, Firmino Neto, os maiores prejudicados com a derrubada serão os alunos. "A decisão força o deslocamento deles para outras escolas. Mas é muita gente, e se o quadro atual já prevê falta de vagas, imagina com esses milhares de alunos buscando espaço deixado pelo CEM 07", diz. Atualmente a escola atende 2,7 mil alunos de Ensino Fundamental, Médio, Supletivo e Especial nos três turnos. No entanto, a decisão judicial prevê que a SEDF forneça transporte escolar para todos os alunos, independentemente de onde eles forem matriculados.

O protesto segue pacífico na rua da escola, e o objetivo é apresentar novas alternativas para evitar a demolição. "Temos uma área muito grande ao lado de nossa escola, onde poderia ser erguido o novo prédio ao mesmo tempo em que as aulas continuam aqui. Reconhecemos que temos problemas estruturais, mas uma reforma temporária enquanto a nova escola é erguida para nós é a melhor saída. O que não queremos é ficar sem nada", frisa o diretor. O protesto deve durar a manhã inteira, mas não tem horário para acabar.

A SEDF informou que já entrou com o pedido de suspensão da decisão na Justiça, e agora aguarda a resposta para definir as próximas ações.



Fonte: Correio Braziliense

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Opinião: Voto em Ceilândia

Ceilândia é uma síntese de um Brasil multifacetado, é um caldeirão de pluralidade cultural. Maior aglomerado urbano do Distrito Federal. Cidade que mais cresce dentre as trinta outras do DF. Diante de todas estas qualificações ainda engatinha na percepção da necessidade de ligar os elos de sustentação econômico, social e político para o crescimento sustentável de sua gente. É majoritariamente o maior colégio eleitoral do DF – força que já poderia ter proporcionado ao ceilandense a almejada libertação dos “obscuros” objetivos da Campanha de Erradicação de Invações (CEI) para a pujante Lândia (cidade próspera).

Quando se trata de atuação política nas eleições de 2010, Ceilândia teve um vasto leque de candidaturas para deputados distritais e federais bem variado e ideologicamente diverso. Para exemplificar a listas temos Chico Vigilante, nascido em Vitorino Freire, no Maranhão. Chico Vigilante é o retrato de milhares de nordestinos que deixaram a terra natal em busca de dias melhores e que se estabelecem em Ceilândia. Cita-se este perfil para exemplificar a gênese política da cidade, não esquecendo que Ceilândia já oportunizou mandatos completos ou suplências no legislativo local a outros valorosos ceilandenses como Eurípides Camargo, Fernando Naves, Ilton Mendes, Valter e Luzia de Paula.

Em 2010, temos uma variada lista de concorrentes a distrital e federal em Ceilândia. O aprendizado que nasce desse processo nos leva a conclusão de que estudos precisam ser feitos para entender a mística do voto em Ceilândia, mística entendida com a subjetividade com que o voto é compreendido pelo eleitor. Há que se estudar a metodologia de comunicação das propostas para solução dos problemas econômicos, sociais e políticos vividos pelo eleitor. Identifica-se, a falta de estratégia para comunicar a importância do mandato de deputado para o encaminhamento dos problemas urgentes como um ser que pensa e raciocina, há que se entender as razões da sua ação, acertada ou não, proclamada nas urnas.


Clemilton Saraiva
Secretaria da Associação Comercial, Empresarial e Industrial de Ceilândia – ACIC-DF.


Fonte: Clemilton Saraiva, por e-mail, e Jornal de Brasília

Governador confia em abertura da Copa do Mundo de Futebol

O governador do Distrito Federal, Rogério Rosso, afirmou nesta quinta-feira que Brasília ainda pretende ser a sede da partida inaugural da Copa do Mundo de 2014, já que a Fifa confirmou que ainda não definiu onde o jogo será disputado.

O Comitê Organizador do Mundial ainda não confirmou oficialmente as cidades que receberão a abertura e a final da competição, mas seus integrantes afirmam há algum tempo que o primeiro deverá acontecer em São Paulo, Brasília ou Belo Horizonte, enquanto o último provavelmente será no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

O anúncio recente que a capital paulista construirá um novo estádio com os 65 mil lugares exigidos pela Fifa para o confronto inaugural foi interpretado como o resultado de uma negociação para ceder à maior cidade do País a honra de sediar um jogo importante.

"Ontem recebi uma carta de resposta do secretário-geral da Fifa (Jérome Valcke) em que ele deixa claro que ainda não está decidido onde será a partida de abertura da Copa", afirmou o governador.

"Como a Fifa não confirma que a abertura será em São Paulo, então posso dizer que Brasília segue na disputa", completou.

Rosso acrescentou que, para fortalecer suas aspirações, o Governo do Distrito Federal não permitirá nenhum atraso nas obras de reforma do Estádio Mané Garrincha.

"A Companhia Imobiliária de Brasília suspendeu o envio de recursos para as obras este ano e isso nos preocupa, mas, como ainda temos um mês para fechar 2010, estamos liberando recursos do Governo regional para que a obra não pare nem um minuto", explicou Rosso.



Fonte: Terra.com

Obra de supermercado é demolida

A Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) realiza, na manhã desta quinta-feira (25/11), a demolição do novo supermercado da rede Tatico, no P Norte, em Ceilândia. De acordo com a Agefis, a obra tinha autorização para ocupar de 128 m² e, no entanto, tinha uma estrutura de 5,4 mil m², quase 43 vezes maior que o permitido. A rede é composta por cinco supermercados no DF, em Ceilândia, Samambaia, Águas Lindas, Santa Maria e Recanto das Emas.

Abadia Tatico, filho do proprietário da rede, alega que fez o pedido para aumentar a área construída, mas ainda não obteve resposta. Ele foi notificado em setembro e solicitou prorrogação do prazo de recurso no final do mesmo mês, mas não recorreram. A obra estava embargada desde o dia 7 de outubro. No entanto, a construção não foi interrompida e está quase finalizada - faltavam apenas acabamentos internos. Não cabem mais recursos ao embargo. Hoje foram demolidas apenas as paredes e ainda não há data prevista para o restante. Materiais de construção também foram apreendidos.

"Não estamos discumprindo a lei, apenas aguardamos uma autorização", alega o filho de Tatico. Para ele, era necessário apenas que lacrassem a obra. O prejuízo foi calculado em R$ 4 milhões. Participam da ação 50 agentes da Agefis, com três caminhões e dois tratores. A Polícia Militar também acompanhou a demolição.



Fonte: Correio Braziliense

Correios fazem campanha de natal

“Voce não precisa acreditar em Papai Noel, mas pode ser um”



Realizada há mais de 20 anos, o Papai Noel dos Correios é uma das maiores campanhas sociais natalinas do Brasil. Distribuir presentes não é meta institucional da campanha, a principal preocupação é responder aos remetentes das cartinhas endereçadas ao Papai Noel e promover a mobilização dos Correios e da sociedade em torno dos sonhos das crianças brasileiras. A disseminação, em todo país, de valores natalinos como amor ao próximo, solidariedade e felicidade é o principal benefício conquistado graças à vontade dos mais de 108 mil empregados e à solidariedade da sociedade brasileira.

Em 2010, foram estabelecidas parcerias com escolas públicas, creches e/ou abrigos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social. Desta forma, a campanha alinha-se a um dos Objetivos do Milênio estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), denominado "Educação básica de qualidade para todos". A campanha terá por objetivo responder às cartinhas das crianças em situação de vulnerabilidade social que escrevem ao Papai Noel e também estimular a redação de cartas manuscritas, além do uso correto do Código de Endereçamento Postal (CEP) e do selo postal.



Levar o encantamento do Natal a milhares de crianças por todo país é o principal objetivo de uma das maiores campanhas sociais natalinas do Brasil, o Papai Noel dos Correios.
Além disso, a campanha tem por objetivo específico responder às crianças que escrevem ao Papai Noel e atender, sempre que possível, aos pedidos de presentes de Natal das que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Em 2010, mais um importante objetivo foi estabelecido: trabalhar com as crianças o poder da comunicação por meio da redação de cartas ao Papai Noel. A meta é contribuir para o desenvolvimento da habilidade da escrita, da redação de carta e do endereçamento correto, com destaque para a importância do Código de Endereçamento Postal (CEP) e do selo postal.



O principal benefício que o Papai Noel dos Correios proporciona à sociedade é a disseminação em todo país dos valores natalinos como amor ao próximo, solidariedade e felicidade. A união de empregados ecetistas e sociedade brasileira em torno da realização dos sonhos infantis é a maior contribuição social da campanha.

Em 2010, a campanha ganhou mais um objetivo: contribuir para o incentivo à escrita por meio da redação de cartas. Distribuir presentes não é meta institucional da campanha Papai Noel dos Correios. A principal preocupação é responde r aos remetentes das milhares de cartinhas endereçadas ao Papai Noel. Sensibilizados com os pedidos contidos nas cartas selecionadas, os Correios convidam a sociedade para integrar essa mobilização nacional e realizar sonhos!



O período de recebimento e adoção de cartas, envio de resposta às crianças e entrega dos presentes é definido pela Diretoria Regional de cada um dos estados, porém deverá estar compreendido no período indicado abaixo. Para conhecer o período da campanha em seu estado, entre em contato com o representante do seu estado.

Recebimento e adoção de cartas, envio de resposta às crianças e entrega dos presentes pelos Correios: 04/10/2010 a 17/ 12/2010

Lançamento nacional da campanha: 05/11/2010
Encerramento nacional da campanha: 20/12/2010

Apóio: Planeta Voluntários

http://www.correios.com.br/papainoelcorreios2010

Faça você também uma criança sorrir neste Natal.


Fonte: Bárbara Ferraz, por email.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Governador do DF envia carta à Fifa criticando escolhas para a copa 2014

To: Mr. Joseph Blatter
President Fédération Internationale de Football Association – FIFA
FIFA Strasse 20,PO Box 8044 Zurich, Switzerland

Ref.: Copa do Mundo no Brasil em 2014.

Caro presidente,

É indiscutível a influência da FIFA no mundo, com a nobre missão de promover esporte e paz, trazendo para diferentes sociedades valores baseados em justiça e espírito de fraternidade. As competições de futebol organizadas por tão estimada Entidade trazem para as comunidades que recebem estes jogos desenvolvimento, progresso e melhoria na qualidade de vida de seus cidadãos. A organização de um evento esportivo como a Copa do Mundo muitas vezes se traduz numa das mais eficazes demonstrações de diplomacia internacional.

Desta forma, hospedar uma Copa do Mundo é uma forma surpreendentemente efetiva de trazer a uma determinada sociedade valores que têm sido tão importantes para a própria FIFA, e que são a base do seu reconhecimento internacional como instituição séria e comprometida. A decisão de realizar a Copa do Mundo em nosso País daqui a quatro anos já molda atitudes de nós, governantes das 27 unidades da Federação brasileiras, e, simultaneamente, aumenta a cada dia a visualização de uma imagem positiva que os brasileiros têm de si mesmos.

Estamos em franca reação coletiva com enorme potencial para desencadear uma profunda reflexão nacional sobre todos os aspectos, pontos fortes e fracos de nossa estrutura e ações que podemos tomar coletivamente para consolidar este importante capítulo em nossa história. Temos uma oportunidade única para disseminar em nossa sociedade valores que ultimamente têm se tornado enfraquecidos, mas jamais esquecidos pelo nosso povo.

Apesar do orgulho justificado que temos em relação ao futebol, precisamos nos tornar conscientes de que muitos outros aspectos de nossa sociedade dinâmica precisam de mudanças. Este é o principal legado que uma Copa do Mundo no Brasil deve oferecer. E nós somos imensamente gratos à FIFA por esta oportunidade de fazer isso.

A seleção das cidades nas quais os jogos serão conduzidos resultou em competição entre cidades e suas populações. Esta competição resultou em um profundo conhecimento sobre o processo de seleção das localidades onde a Copa do Mundo será sediada, significando que decisões justas, baseadas nos valores discutidos anteriormente, serão fundamentais. Do contrário, a mensagem passada para a coletividade será distorcida, e isso é uma coisa que não queremos. Ética e mérito devem estar na base das decisões de forma que a mensagem transmitida para as pessoas seja clara e profunda. Neste ponto, a FIFA já começa a construir seu legado para a população brasileira.

Como capital da República Federativa do Brasil, alcançamos posição privilegiada na disputa pela abertura do Mundial, em 2014. Além disso, outras inúmeras qualidades nos alçam à condição de postulante com grandes chances de sermos escolhidos pelo Comitê Organizador da competição mundial. Apesar de percalços jurídicos, somos a cidade-sede com as obras mais adiantadas do País, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, em cumprimento ao caderno de encargos desta Entidade para a sede do Mundial de futebol.

Nossa estrutura próxima ao Estádio, que dará suporte à imprensa, organização do Mundial e torcedores, é uma das mais bem avaliadas mundialmente. Vale ressaltar que temos um excelente Centro de Convenções a pouco mais de 300m do Estádio Nacional Mané Garrincha, além do apoio de um importante setor hoteleiro cerca de 1km da arena preparada especialmente para o Mundial. Nossa economia, fortemente consolidada, é a 8ª do País, 60% maior do que a média nacional. Temos o maior Produto Interno Bruto per capita, também maior do que o dobro da média nacional.

Estávamos em esforço permanente para cumprir todas as exigências do Comitê Organizador da Fifa para a Copa 2014 quando fomos surpreendidos por informações divulgadas amplamente pela imprensa brasileira de que supostamente o Comitê já havia se decidido pela escolha de São Paulo para sediar o Mundial. A nossa surpresa foi ver que a escolha se baseia em um estádio que não possui sequer um projeto pronto para a sua construção, não há previsão de fonte de financiamento e a possibilidade de sua entrega é prevista apenas para o fim de 2013.

Ou seja, esta suposta decisão do Comitê Organizador contraria várias determinações constantes do caderno de encargos que todas as demais 11 cidades-sede têm que cumprir para se adequar ao Mundial. Entre elas, a exigência de que todos os estádios estejam prontos no início de 2013, com vistas à realização da Copa das Confederações. A suposta decisão do Comitê Organizador de escolher o estádio de São Paulo como abertura do Mundial admite que a arena não obedeça esse rigoroso prazo.

O nosso questionamento a Vossa Excelência, Sr. Presidente, se deve à confirmação, por parte desta Entidade, da escolha de São Paulo como cidade-sede de abertura do Mundial brasileiro de futebol em 2014. Estamos certos de que a mesma oportunidade se dará a todas as cidades concorrentes, sem que novas regras sejam criadas no meio do processo de seleção. O que queremos, humildemente, é apenas que o cronograma estabelecido por esta reconhecida Entidade seja observado rigorosamente, para todas as cidades-sede.

O potencial de uma química coletiva em relação a valores e atitudes é incrível, já que somos 200 milhões de pessoas. Este número nos dá também uma idéia precisa do peso de cada ato, por simples que seja, relacionado com esta Copa do Mundo. Não há espaço para decisões que possam transferir à população, especialmente jovens e crianças, qualquer exemplo de injustiça e outras atitudes que possam divergir dos tradicionais valores da FIFA.

E é por isso que venho encarecidamente recorrer a Vossa Excelência no que concerne às análises para a escolha das cidades-sede que concorrem à abertura deste Mundial no Brasil. Precisamos de demonstrações de que a ética, a justiça e o mérito são valores sobre os quais uma sociedade equilibrada deve ser construída, e a Copa do Mundo é uma excelente oportunidade de aumentar a conscientização coletiva em relação a estes valores.

O compromisso com a ética também deve ser fortalecido aqui. Nós todos estamos cientes das tentativas de influência política na decisão da FIFA, e a mídia tem sido capaz de nos apresentar cenários completos de valores indesejáveis que têm sido empregados na disputa. Assim, todos nós esperamos que a FIFA esteja consciente do tipo de mensagem errônea que poderia ser passada à população se uma decisão baseada em influências obscuras for tomada.

Nós confiamos na decisão final da FIFA, especialmente devido aos valores que dão forma à sua imagem mundo afora. Nós também estamos confiantes de que a FIFA deseja trazer as mensagens certas para os brasileiros, num compromisso baseado em um profundo senso de responsabilidade.

Atenciosamente,


Rogério Schumann Rosso
Governador do Distrito Federal


Fonte: Portal 2014 e Correio Braziliense

Doação nipônica

Por meio de uma seleção, a Embaixada do Japão no Brasil escolheu a Escola Classe 27 de Ceilândia como beneficiária de uma doação de US$ 85 mil dólares à instituição educacional. O convênio entre a representação japonesa e a Secretaria de Educação foi assinado na manhã desta quinta-feira (11), na escola, que funciona na EQNN 07/09, Ceilândia Norte.

A parceria possibilitará a construção de biblioteca, brinquedoteca e ampliação da área de lazer. A escola, que atende 560 alunos entre quatro e 12 anos de idade, se inscreveu no Programa de Assistência a Projetos Comunitários da Embaixada do Japão.

O projeto enviado pela direção da escola foi fundamentado na necessidade de melhorias indispensáveis para o aprendizado das crianças em idade de alfabetização. Após fazer algumas adequações no projeto, a pedido da embaixada, a escola foi selecionada.

“As crianças em fase de alfabetização não tinham uma biblioteca na escola, o que é fundamental nesta fase de aprendizagem. Em função do tamanho da escola também era necessário uma área de lazer. Como ensinar de forma lúdica se a escola não tem espaço para trabalhar nessa perspectiva?”, argumentou a diretora da escola, Cláudia Bastos da Cruz, durante a assinatura do convênio.

Para o secretário de Educação, Sinval Lucas, que assinou o termo de cooperação, a parceria proporcionará um grande ganho para os alunos da instituição. “É de fundamental importância o dinheiro que a escola vai receber, porque isso vai contribuir culturalmente na vida de mais de 500 crianças e de toda a comunidade”, enfatizou.

Segundo a diretora Cláudia Cruz, essa é a primeira vez que uma escola pública do DF foi agraciada pelo projeto. A equipe de direção, que assumiu a escola este ano, percebeu a necessidade de investimentos para melhorar o índice de aprendizagem dos alunos, que era muito baixo. “Esses investimentos abrangem a parte pedagógica, de forma lúdica, nada como você aprender tendo prazer naquilo que está fazendo”, disse a diretora. Ela acredita que as melhorias combatem a evasão escolar. “Após essas mudanças creio que vamos conseguir atrair mais crianças para dentro da escola”, completou.

A partir desta terça-feira (16), começa o processo de licitação para a escolha da empresa que ficará responsável por realizar a obra. Segundo a diretora da escola, a intenção é inaugurar as benfeitorias até o final de abril de 2011.

A Secretaria de Educação vai repassar mil livros para que as crianças da Escola Classe 27 comecem a usufruir da leitura antes mesmo da biblioteca ficar pronta. “A leitura abre horizontes, isso é muito importante para os alunos. Dentro de 15 dias esses livros serão encaminhados à escola”, anunciou o secretário Sinval Lucas.



Fonte: ClicaBrasília e Correio Braziliense

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Futuro governador pode mudar estádio da Copa 2014

A Copa do Mundo de 2014 foi assunto de uma reunião nesta quarta-feira (10) entre o atual e o futuro governadores. Depois que a CBF descartou Brasília como palco da abertura do evento, a reforma no estádio Mané Garrincha vai ser reformulada e diminuir. Dos atuais 70 mil lugares previstos na arquibancada, devem ser construídos cerca de 40 mil.

Antes de bater o martelo sobre as dimensões que o estádio reformado vai ter, Agnelo Queiroz (PT) vai atrás da confirmação oficial de São Paulo como sede da abertura. Ele ainda não sabe quanto uma reforma menor pode custar, mas deve passar longe da previsão inicial de R$ 700 milhões. Como a Terracap foi impedida de repassar recursos, provavelmente, a fonte de financiamento para a reforma vai mudar.

“Nós vamos buscar outras formas de financiamento, como o do BNDES. Não vamos insistir em um modelo que não tem uma sustentação legal”, disse Agnelo.



Veja quais foram as propostas do futuro governador:





Do Correio:

A novela sobre o estádio que será escolhido para abertura oficial da Copa do Mundo 2014 pode ganhar novos capítulos. Nesta quarta-feira, o governador do Distrito Federal, Rogério Rosso, juntamente com o governador eleito, Agnelo Queiroz, criticou a escolha do estádio do Corinthians, em entrevista ao site da Folha.com, justamente pelo fato do mesmo ainda não apresentar um projeto viabilizado.

Agnelo Queiroz espera um desfecho oficial sobre a última decisão da CBF sobre o Itaquerão. "Nós vamos procurar a CBF para ter uma confirmação oficial, porque se não for a abertura nada justifica o Distrito Federal ter um estádio para 70 mil pessoas. Vamos rever o projeto para 40 mil lugares", disse. As obras iniciais do Mané Garrincha contabilizam R$ 700 milhões e os novos valores ainda não foram definidos.

Rogério Rosso também não deixou por menos. "Lanço um desafio nacional ao presidente Ricardo Teixeira: que ele prove que o Itaquerão vai estar pronto em 2013 para a Copa das Confederações", disse.



Fonte: Rede Globo, Jornal de Brasília, Correio Braziliense e Folha.com

Vídeo: Começou a temporada dos buracos

Chuva contínua e buracos, muitos buracos nas pistas do DF. Além do risco de acidentes, o prejuízo é certo para os motoristas.

Para piorar a situação, a usina de asfalto da Novacap está parada há uma semana por falta de matéria-prima. O governo não teve dinheiro para compra e apenas os casos mais urgentes estão sendo atendidos. Ainda não há previsão para aquisição da matéria-prima.



Veja ao vídeo clicando no link: DFTV


Fonte: Rede Globo

sábado, 6 de novembro de 2010

Futebol feminino precisa de apoio

No último dia 29/10/10 as duas maiores equipes de futebol feminino de Brasília se enfrentaram pela Taça Brasília. Cresspom caiu diante da Ascoop/Unicesp, que fez história para a capital do país ao se classificar para as oitavas de final da Copa Brasil de futebol feminino. O placar mostrou 3 x 0 para o time do técnico Singo.

Mesmo depois do expressivo desempenho, o futebol feminino continua sem apoio. Paulo César Araújo, presidente da Federação Brasiliense de Futebol, afirma que a instituição ajuda como pode. "Com a verba que nós temos, fica difícil fazer mais. No Campeonato Brasiliense, custeamos toda a organização, damos as bolas, eles não têm gastos com o contrato e nem com o local. Infelizmente, os mais caros, os árbitros, nós não conseguimos com facilidade", explica.

No ano passado, um total de 12 equipes se inscreveram para a competição. Neste ano, porém, o número diminuiu e foram apenas nove participantes. O motivo é justamente o gasto com arbitragem. "Não são todos os clubes que tem recursos para pagar, mas no ano que vem, com o novo Governo que apoia o esporte, esperamos contar com 18 clubes", afirma Paula Araújo.

O responsável pela Ascoop/Unicesp, Arnaldo Freire, espera um apoio financeiro maior para o ano que vem. "Nós já temos o apoio da faculdade Unicesp mas não é o suficiente. Nós só vamos conseguir fazer um futebol profissional que as meninas possam viver disso quando tivermos por mês cerca de R$ 20 mil", conta Arnaldo. Com esse valor, a Ascoop conseguiria pagar um salário para as jogadoras, para a comissão técnica e os gastos com as viagens. "Nós temos cerca 30 profissionais dentro do clube, entre preparador de goleiro, fisioterapeuta, massagista, psicólogo, preparador físico, técnico e auxiliar técnico", conta.

Brasília é uma das únicas cidades que conseguiu manter um campeonato regional feminino por 14 anos ininterruptos. "O nosso nível de campeonato é muito bom, fomos, inclusive, elogiados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que virá no ano que vem para fazer uma peneira e selecionar algumas meninas para as seleções sub-15 e sub-17", empolga-se o presidente da federação.

Saída utópica - Para o dirigente da Ascoop/Unicesp, a melhor jogadora do mundo por quatro vezes seguidas, a alagoana Marta, deveria voltar definitivamente para o Brasil. "A permanência dela no País pode incentivar um campeonato brasileiro feminino e isso seria mais um grande passo para a profissionalização do esporte", analisa Arnaldo Freire. Caso esse projeto se concretize, a Ascoop/Unicesp que está em 6º lugar no ranking nacional garantiria uma vaga na competição.



Fonte: Jornal Alô Brasília

Gestão para vila olímpica

Foi publicado na última quinta-feira (4/11), no Diário Oficial do Distrito federal (DODF), o resultado da seleção das organizações sociais que vão fazer a gestão das Vilas Olímpicas do Parque da Vaquejada, em Ceilândia, e de São Sebastião.

A partir de agora, a Vila Olímpica do Parque da Vaquejada será administrada pela Organização Social Associação de Centro de Treinamento de Educação Física Especial (CETEFE). As vilas devem começar a funcionar dez dias após a assinatura do contrato entre as entidades e a Secretaria de Esportes. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria, cerca de 3,5 mil crianças e adolescentes poderão fazer atividades sócio-recreativas, esportivas e de lazer.

Em outubro, a Vila Olímpica Rei Pelé de Samambaia completou um ano de funcionamento. No local, 4,5 mil crianças da rede pública de ensino e da comunidade participam de 15 modalidades esportivas. Lá, a gestão é feita pelo Instituto Amigos do Vôlei, representadas pelas medalhistas olímpicas Leila Barros e Ricarda Raquel.

De acordo com a Secretaria de Esportes, mais sete vilas estão em construção: Brazlândia, Ceilândia (QNO 09), Gama, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo e Santa Maria.



Fonte: Correio Braziliense e Rede Globo

Não se perca! Posto de saúde foi desativado

A necessidade de ampliação do Ambulatório de Especialidades em Ceilândia fez com que a Direção Geral de Saúde da cidade fizesse algumas alterações no funcionamento da atenção primária. O Centro de Saúde n° 1, que fica ao lado do Hospital Regional da Ceilândia (HRC), agora passa a funcionar como anexo de especialidades, e continua com o ambulatório de referência de DST/Aids.

Com as modificações, a população que era atendida no Centro de Saúde 1 passa a ser atendida nos Centros de Saúde 3 e 5, de acordo com o local que residem. Quem mora em Ceilândia Sul, ao lado da Administração Regional, nas QNMs, CNMs, e áreas ímpares, devem se dirigir ao Centro de Saúde n° 3. Já os moradores de Ceilândia Norte, das QNMs, CNMs e áreas especiais ímpares, serão atendidos pelo Centro de Saúde n° 5.

Novos endereços
Centro de Saúde nº 03 - QNM 15, lote D, Área Especial.
Centro de Saúde nº 05 - QNM 16, lote F.



Fonte: Correio Braziliense

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Erro na hora de engessar braço

Guilherme Dias, de 14 anos, deu entrada no Hospital de Ceilândia por volta da 1h da manhã do dia 26 de outubro após cair de uma cama beliche. O raio-X mostra que ele teve um osso do braço quebrado. De acordo com o pai do menino, Roberto Dias, o médico pediu para que engessassem Guilherme sem colocar o osso de volta no lugar.

“Notei que o braço dele estava torto, comentei isso com a moça que estava fazendo o processo do gesso e ela automaticamente falou que estava tudo correto”, relata Roberto. Seis dias depois, Guilherme se queixou de muitas dores e, ao voltar ao hospital, um novo exame de raio-X mostrou que o osso havia sido posicionado no local errado.

“Ele precisa agora fazer uma cirurgia e a gente precisa esperar de 15 a 30 dias. Ele está jogado em um corredor, com um contêiner de lixo ao lado, em uma situação precária. Uma coisa que tinha como se resolver na hora se agravou bastante”, lamenta o pai do rapaz.

A equipe de plantão do Hospital de Ceilândia afirmou que não poderia dar uma explicação sobre o caso nesta terça-feira (2) por conta do feriado. O DFTV voltou ao hospital hoje e, a direção do hospital não quis gravar entrevista. Em nota, a regional de Saúde de Ceilândia afirmou que, conforme o quadro clínico do garoto, não houve negligência.

Guilherme continua internado, aguardando a cirurgia para reparar o osso mal posicionado, mas ainda não se sabe quando o procedimento será feito.





No mês passado, Igor, de dez anos, ficou com o braço torto após ser atendido pela ortopedia do Hospital de Ceilândia. A avó do menino conta que uma cirurgia chegou a ser marcada, mas foi suspensa. Inconformada, ela procurou o Hospital de Base, que encaminhou o menino novamente para Ceilândia.

Igor foi reavaliado por uma equipe de ortopedistas, que decidiu que o caso não precisa de cirurgia porque ossos quebrados em crianças em fase de crescimento se recuperam naturalmente e tem um alto potencial de remodelagem.

A Defensoria Pública do DF informou que casos como o de Igor e o de Guilherme podem ser indenizados. A família deve procurar um dos 26 núcleos da Defensoria. Para saber qual o posto de atendimento mais perto de sua casa acesse a página da Defensoria.

A pessoa deve levar um laudo médico que comprove a falha no atendimento e a documentação que comprove o hospital onde o atendimento foi prestado.



Fonte: Rede Globo

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Após a vitória de Dilma, vem a transição

A presidente eleita, neste último domingo (31/10/10), Dilma Rousseff, decidiu incluir o vice-presidente eleito Michel Temer na equipe do governo de transição. Essa foi a saída encontrada para acabar como mal estar gerado dentro do PMDB, que se sentiu excluído da primeira reunião da presidente eleita.

Em nota, a assessoria de Dilma informou que foi encaminhado ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva as relações dos nomes das 30 pessoas que integrarão a equipe técnica de transição. Temer fará parte da coordenação política ao lado do presidente do PT, José Eduardo Dutra, e pelos deputados Antônio Palocci e José Eduardo Cardozo. Segundo a nota, os trabalhos da equipe terão início a partir da próxima segunda-feira (8/11) por determinação do presidente Lula.

Segundo Dutra, a oficialização de Temer não é um afago no PMDB para reverter um clima de insatisfação. "Afinal, ele é o vice-presidente eleito", afirmou. No entanto, Dutra disse que ainda não está definida a atribuição de Temer na equipe.



Fonte: Correio Braziliense

Vândalos não perdoam nem paradas

As paradas de ônibus da Ceilândia são novas, mas estão depredadas, vítimas do vandalismo e da falta de conservação. Os pontos mais antigos têm seis anos, mas é raro encontrar um que não esteja sem, pelo menos, um dos vidros. “A população não respeita, danificam tudo, mas o modelo da parada não é adequado”, opina a atendente Adriana Rodrigues.

O modelo original é cercado por blindex dos três lados, mas na parada em frente à QNM 23, só ficou a cobertura. Os vidros foram arrancados e os poucos que sobraram estão por um fio. “Moro aqui há um ano, e não mudou nada: desde que cheguei está assim”, afirma a secretária Priscila Rocha.

A estrutura de ferro não agrada os passageiros, que reclama da dificuldade para sentar. “Eu achava que as de concreto eram melhores porque eles não arrancavam”, avalia uma moradora. “É muito ruim [sentar]: balança, você não tem segurança”, diz uma passageira.

Se as paradas são ruins, pior ainda é ter que esperar pelo ônibus sem abrigo. Nas quadras 23 e 21, o ponto de ônibus é imaginário. “Para onde foi a parada? Está passeando”, ironiza uma moradora.

Uma parada mais simples, como as instaladas no centro de Ceilândia, agrada mais aos passageiros dos que os modelos feitos em ferro e vidro. “Protege mais o passageiro, é grande e é mais difícil de quebrar”, afirma o taxista Jessé Félix.

A Cemusa - empresa responsável pela manutenção das paradas - diz que já fez um acordo com o GDF para não consertar algumas paradas da Ceilândia porque elas são depredadas pouco tempo depois dos consertos.



Fonte: Rede Globo

domingo, 31 de outubro de 2010

Agnelo vence as eleições 2010 no DF

O ex-ministro Agnelo Queiroz (PT) está eleito novo governador do Distrito Federal. O petista teve 66 dos votos válidos, contra 33% da adversária Weslian Roriz (PSC), mulher de Joaquim Roriz.

Agnelo Queiroz, 51, é médico e iniciou sua carreira política em Brasília, enquanto fazia residência. Na época, tornou-se presidente da Associação Nacional dos Médicos Residentes. Ele foi eleito pela primeira vez deputado distrital em 1990, pelo PC do B. Em 1994 foi eleito deputado federal, cargo para o qual se reelegeu em 1998 e 2002.

Queiroz foi também ministro dos Esportes de 2003 a 2006, durante o governo Lula. Em 2006 perdeu a disputa para o cargo de senador contra o ex-governador Joaquim Roriz. Em 2008 filiou-se ao PT, partido pelo qual foi eleito governador.

A campanha no Distrito federal foi marcada por muita polêmica. Joaquim Roriz colocou a mulher para disputar o pleito em seu lugar para fugir de uma eventual impugnação de sua candidatura em função da Lei da Ficha Limpa.



Fonte: ClicaBrasília

Campeonatos em 2011 devem mudar

O Campeonato Candango da Segunda Divisão está se aproximando do seu final. CFZ e Bosque de Formosa já garantiram sua vaga na elite candanga em 2011. Nesse meio tempo o presidente da FBF Paulinho Araújo convocou assembléia geral para definir a disputa dos campeonatos de 2011 e 2012. Com o fim da Terceira Divisão ainda neste ano, vários clubes ficaram de braços cruzados: Sobradinho, Planaltina/GO, Bandeirante (remanescentes de 2009) Guará, Santa Maria, Brazlândia, Samambaia e Brazsat (rebaixados e desistentes) foram os clubes penalizados com a decisão.

Em reunião com os 24 representantes dos clubes do DF, ficou definido que em 2011 a primeira divisão ainda contará com oito clubes: Ceilândia, Brasiliense, Ceilandense, Botafogo, Gama, Brasília, CFZ e Bosque. Porém a segunda divisão reunirá além dos rebaixados da primeira divisão, os desclassificados da segunda divisão de 2010 e os remanescentes da terceira divisão, podendo chegando ao número máximo de 16 clubes.

A Segunda Divisão promoverá então quatro clubes para a Primeira Divisão em 2012, deixando a elite candanga com dez clubes. Sem terceira divisão, não haverá rebaixamento na segundona. Com isso a Super-Segunda Divisão de 2011 seria composta pelos seguintes clubes: Luziânia/GO, Dom Pedro, Legião, Cruzeiro, Capital, Paranoá, Unaí/MG, Bolamense, Sobradinho, Planaltina/GO, Bandeirante, Guará, Santa Maria, Samambaia, Brazsat e Brazlândia. Com um número maior de clubes na segunda divisão, o prazo de disputa tende a aumentar. Ainda deve ser definido em Arbitral a fórmula de disputa: chaves, pontos corridos, fases e etc.

ESTÁDIOS PRECISAM DE REFORMAS
Restando pouco mais de dois meses para o início do Candangão, um velho problema volta a afligir o futebol candango. Várias praças esportivas do DF encontram-se com sérios problemas estruturais e o velho jogo de empurra entre Clubes-Federação-Administrações Regionais devem prejudicar o campeonato.

Com a reforma do principal estádio da cidade para a Copa de 2014 (o Mané Garrincha que passará a se chamar Estádio Nacional de Brasília), restaram apenas quatro estádio com laudos da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros e em condições de receber público: Abadião, Serejão, Bezerrão e Diogão em Formosa. A segunda opção dos clubes de Brasília seria o CAVE que abrigou os jogos de Botafogo e Brasília, mas devido à queda de um alambrado o estádio não foi liberado para os jogos da segunda divisão.

O estádio da Metropolitana é um dos que mais requerem cuidados e sempre precisa de uma reforma tampão para ser liberado. O Dom Pedro manda seus jogos lá. Mas há estádios onde a liberação tende a ser mais difícil como o estádio do Cruzeiro e o JK em Paranoá. No caso do primeiro pesam a qualidade e a dimensão do gramado além das instalações sanitárias, arquibancadas e vestiários (que são de lata). No segundo a falta de urbanização das arquibancadas não permite a entrada de torcedores.

Há também os estádios Augustinho Lima em Sobradinho, Rorizão em Samambaia e Chapadinha em Brazlândia, que não se sabe como estão as condições. Em compensação o Adonir Guimarães em Planaltina, Serra do Lago em Luziânia e Urbano Adjuto em Unaí contam com boas condições de uso e devem estar aptos até a data de início da competição.

Confira como devem ficar a situação dos mandantes em 2011:
1ª divisão
- Ceilândia (Abadião, OK)
- Brasiliense (Serejão, OK)
- Ceilandense (Abadião, OK)
- Botafogo (CAVE, sem condições)
- Gama (Bezerrão, OK)
- Brasília (CAVE, sem condições)
- CFZ (CAVE ou JK, sem condições)
- Bosque (Diogão, OK)

2ª divisão
- Luziânia (Serra do Lago, OK)
- Dom Pedro (Metropolitana, ignorado)
- Legião (Abadião, OK)
- Cruzeiro (Cruzeiro, ignorado)
- Capital (CAVE, sem condições)
- Paranoá (JK, sem condições)
- Unaí/MG (Urbano Adjuto, OK)
- Bolamense (Rorizão, OK)
- Sobradinho (Augustinho Lima, ignorado)
- Planaltina/GO (Esportivo Municipal, ignorado)
- Bandeirante (Metropolitana, ignorado)
- Guará (CAVE, sem condições)
- Santa Maria (Rorizão, OK)
- Samambaia (Rorizão, OK)
- Brazsat (Não definiu ainda sua participação, mandava jogos no Mané Garrincha)
- Brazlândia (Chapadinha, ignorado)


Fonte: BloGama

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Debates na TV

O candidato ao Governo do Distrito Federal (GDF), Agnelo Queiroz (PT), inicia esta quarta-feira (27/10) em participação do debate promovido pelo SBT, marcado para as 12h, que será realizado no Setor de Rádio e Televisão quadra 701 bloco I, no Edifício Palácio da Imprensa de Brasília. Não houve informações sobre a participação da candidata Weslian Roriz (PSC).

O provável último debate (29/10/10 a noite), que deverá ser realizado na Rede Globo de tv, ainda não foi confirmado com a participação dos dois candidatos.


Fonte: Correio Braziliense e SBT